13/03/13

Um amigo

Um dia, o Mauro, que vivia numa pequena aldeia, teve que ir estudar para uma cidade gigantesca, onde havia vários meninos e meninas.
Quando o Mauro ia para a escola, não se conseguia orientar. Era muita gente e a escola era enorme, ele andava sempre perdido. Até que, um dia, conheceu um rapaz, mais ou menos da sua idade. Perguntou-lhe se sabia onde era o laboratório. O rapaz respondeu-lhe que não sabia, pois também era novo naquela escola. Os meninos sentaram-se e começaram a conversar, à espera que alguém passasse e os ajudasse.
O Mauro apresentou-se e perguntou ao colega como se chamava. Este disse-lhe que era o Daniel. Entretanto, passou uma mulher com uma cara muito simpática que lhes perguntou o que é que eles estavam ali a fazer. Eles responderam que eram novos na escola e não sabiam onde iam ter aulas. A senhora então levou-os para as suas salas de aula. Ao entrar, aperceberam-se que todos se começaram a rir, mas nenhum deles se importou.
Tocou para intervalo e foram os dois brincar com os rapazes da idade deles. Então, a partir desse dia, eles perceberam que se tinha tornado grandes amigos e nunca mais se sentiram sós.

Texto de Beatriz Simão, nº1, 8ºB

Sem comentários:

Enviar um comentário